Especial Conferência AQUA-HQE – Abertura: Inovação no diálogo entre universidade e empresas

Com o tema A Cultura e a Prática da Construção Sustentável, a conferência AQUA-HQE, ocorrida nos dias 11 e 12 de novembro, sob curadoria da Fundação Vanzolini, durante a Expo Arquitetura Sustentável, reuniu arquitetos e urbanistas, estudantes, pesquisadores, engenheiros, empresários, entre outros participantes, para debater e apresentar iniciativas de sucesso no campo da sustentabilidade na construção civil.

Os dois dias de intensa programação permitiu traçar um cenário de como esse segmento vem crescendo e encontrando soluções inovadoras para o desafio de planejar e construir sob novos paradigmas, em que o uso racional de recursos naturais, técnicas construtivas e conforto do usuário, entre outros fatores, gerem o menor impacto ambiental possível.

As reportagens deste especial mostrarão vários exemplos de sucesso e como empreendedores vêm aderindo ao processo AQUA-HQE para atestar os resultados.

23112015-profJoaquim-600-

Histórico

A abertura dos trabalhos ficou a cargo do vice-presidente e diretor de certificação da Fundação Vanzolini, José Joaquim do Amaral Ferreira, que remontou ao surgimento da Vanzolini para destacar o papel pioneiro da instituição em transferir o conhecimento do ambiente acadêmico para a aplicação no setor produtivo, contribuindo assim para o desenvolvimento do país. “A Fundação Vanzolini foi criada pelo professor Ruy Aguiar Leme numa época em que se começava a falar da relação entre universidade e empresa”, afirmou. A ideia era difundir o conhecimento produzido na universidade de São Paulo de modo a levar benefícios à sociedade.

A semente foi plantada na organização da primeira Semana de Engenharia de Produção, realizada em 1967, que permitiu que empresários tivessem acesso ao que era mais inovador na área. A Vanzolini foi criada nesse contexto, para facilitar a transferência desse conhecimento por meio de projetos e cursos destinados ao setor produtivo.

Assim foi com a qualidade, por exemplo. “Quando houve a onda da qualidade, participamos do Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade. A partir daí veio a ISO 9000, que era também uma novidade no mercado, e hoje já temos mais de 2.500 empresas certificadas no Brasil e no exterior”, informa o professor.

 

Clique aqui para assistir a trechos da apresentação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *